.

.

quinta-feira, 15 de junho de 2017

URGENTE: SECRETÁRIO DE TRIBUTAÇÃO VAI A RÁDIO SANTA CRUZ AM E DIZ "O CÓDIGO TEM QUE SER APROVADO”.

O Secretário de Tributação de Santa Cruz/RN, Sr. Cares Magno, após pressão popular contra o Código Tributário proposto pelo executivo municipal, concedeu entrevista a Rádio Santa Cruz AM e lá, deu o TOM da decisão do da prefeita e do deputado “O CÓDIGO TEM DE SER APROVADO” está frase o secretário proferiu mais de 10 vezes durante a entrevista. 

Isso mostra que, mesmo diante da pressão popular, a Sra. Prefeita e seu grupo continuam irredutíveis e tentarão aprovar a proposta o quanto antes, o que vai de encontro ao sentimento da população que, na sua grande maioria tem se postado veementemente contraria a proposta. Ficou claro na entrevista que a gestão defende o projeto, não reconhecendo haver equívocos na proposta. 

É como se toda população tivesse errada e só a gestão certa, alias, o secretário, assim como o líder do governo na Câmara, insiste em colocar a culpa na população, é isso mesmo, na população. Por mais de uma vez o Sr. Cares Magno, disse que a população não sabe do que está falando, que estão indo as redes sociais falar sem saber, sem conhecer o projeto. 

Ora! Vamos perguntar então ao secretário: por um acaso a prefeita discutiu com a população? Realizou Audiência Pública? Fez consulta pública no site oficial da prefeitura? Fez alguma pesquisa, questionário? Estaria a prefeita e seus auxiliares achando que a população tem bola de cristal? É possível que a população não tenha a SUPER INTELIGÊNCIA de quem criou esse belo projeto, mas é sabia sim senhor. O secretário também insistiu em dizer que o projeto é MUITO BOM. Bom para quem? Será que o povo não sabe mais o que é bom para si? Veja como são as coisas: a prefeita com seus auxiliares criam no conforto de suas salas administrativas um projeto de Lei que afetará diretamente a vida dos cidadãos, não discute com a população uma vírgula do projeto, tenta votar as pressas e quando a população reivindica, de quem é a culpada? Isso! Do CIDADÃO e CIDADÃ que não aceita um presente de Grego. 

Infelizmente na entrevista o secretário nada disse sobre as taxas exorbitante de 300, 400, 500, 600, 700 % que está no projeto. Embora não seja inteligente gestores e parlamentares usarem a imprensa para tentar desqualificar a luta dos cidadãos, vamos ver até onde vai essa estratégia da gestão. Pelo que deu para acompanhar nas redes sociais, depois da entrevista do secretário, a revolta da população aumentou. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário